terça-feira, 24 de setembro de 2013

Só Pra Constar

Apenas para Esclarecer aos desavisados.


Eu já emagreci o que pretendia emagrecer, basta dar uma olhada com mais calma nos meus gáficos aqui à direita do texto.


Hoje estou buscando algum tipo de motivação para encarar de verdade uma atividade física, já que sinto que preciso, NÃO PARA MANTER A FORMA, mas para MANTER O "PIQUE".


Portanto, ninguém precisa entrar aqui no blog para agressões gratuítas. Se o assunto te interessa, vá em frente, leia os posts, os comentários e seus desdobramentos, aproveite o que te servir e descate o que não concordar, mas se o assunto não te interessa vá ler outra coisa, a internet está cheia de coisas mais interessantes que podem te fazer uma pessoa MELHOR, sem precisar parar num blog para agredir quem quer que seja.


Desculpem, mas precisava esclarecer alguns leitores muito equivocados.

16 comentários:

  1. Eu poderia simplesmente DELETAR essas agressões, mas é muito interessante saber que temos pessoas tão EXPERTS em jugar os outros, suas vidas, e até o metabolismo que é tão INDIVIDUAL e nem mesmo médicos conseguem tanta precisão...

    Pena que não se identifica para que os leitores passem a se consultar com este (a) especialista.
    Anônimo24 de setembro de 2013 20:55:00 BRT
    se tá passando mal com frutas é uma bela de uma reação forte da sua insulina. vc não é especial. vc não é maravilha da ciência. se as coisas são feitas de forma correta, vc emagrecerá. é simples assim. frutas elevam insulina, que estanca lipólise. é errado comer fruta? claro que não, tem que saber como comer. mas ficar em jejum só termina de acabar com seu metabolismo que, pelo jeito, tá bem ruim. seja humilde e reconheça que vc nunca fez as coisas certas e que vc não é maravilha da ciência pra tudo dar certo qdo feito DE FORMA CORRETA pelos outros e não dar pra vc. seja humilde. vc tá fazendo tudo errado e falando como se fosse A expert em emagrecimento. vc é expert em estar gorda.
    Excluir

    Anônimo24 de setembro de 2013 20:57:00 BRT
    que vida amarga. eu já teria dado um tiro na cabeça se eu vivesse entre obrigações e sofrimentos. enqto vc se debater com as coisas que todo mundo na vida faz, vai continuar amarga. e comendo pra compensar isso.
    ResponderExcluir

    ResponderExcluir
  2. Portanto, senhores leitores, antes de avaliar um post ou outro individualmente, como está escrito no cabeçalho do blog: "Não se atenha ao meu cardápio..." Ou seja o foco aqui não sou EU, convém ler postagens e comentários para ENTENDER de verdade o que se passa.

    Já expliquei algumas vezes que FRUTAS não funcionam comigo e isso é FATO, não estou querendo ser a entendida do assunto, estou apenas relatando a MINHA experiência, e sempre deixei muito claro que cada organismo é único, as reações e resultados são individuais, nem tudo que serve para mim serve para outras pessoas, e vice e versa.

    Cada um precisa entender o seu próprio metabolismo e descobrir onde é o seu maior ponto fraco quando está tentando qualquer dieta.

    Agora querer julgar a minha própria vida? Ah não vai dar não. Ninguém aqui me conhece, não tem intimidade alguma e portanto não POSSUI AUTORIZAÇÃO para me julgar.

    Se o Blog não te agradou, não é o que você esperara, procure outro e por favor me deixe em paz, porque já dei muita satisfação no começo do blog há dois anos atrás, e tudo que fiz funcionou e muito bem comigo, fiz meus exames médicos que indicaram que estava tudo muito bem, Glicemia, Colesterol, etc, etc.

    Muito ajuda quem não atrapalha.

    ResponderExcluir
  3. Edamoa, para que perder tempo com quem não tem nome?
    Ou pelo menos alguém que não tem coragem de assinar o que escreve???
    Anônimo???? 24???????
    Isto me leva a uma reflexão.
    Quando eu estava no ginásio observei que existem pessoas que convivem com a frustração, os mais elevados conseguem transformar sua frustração em uma energia que os ajuda a mover, a ir em frente. A estes eu nomeava amigos.
    Outros, bem.... Como direi, pareciam jumentos ruminantes, eternamente ruminando seus ressentimentos, tristezas e suas amarguras, culpavam os demais pelas suas desgraças pessoais, agrediam a todos ao seu redor, apenas por serem eternamente infelizes, e quando paravam de ruminar, logo (me desculpe a expressão), vomitavam todo o esgoto que seus micro cérebros podiam criar.
    Olha, eu era um projeto de adolescente, mas já tinha reparado a pobreza de espírito desta gente e da mesma percebido que estes infelizes jamais sairiam do umbral da agressão e do limbo da mediocridade. Hoje sou um adulto e já estou escolado com o comportamento antissocial estes desgraçados, afinal eles continuam como no tempo do ginásio, só que agora andam curvados pelo peso de seu amargor (não confunda com consciência, isto seria pedir demais a estes homúnculos), e pelo peso da vida triste que eles mesmos construíram.
    Não ligue para estes encostos, são os Peters Pans do mal, vivem nas sombras por serem miseráveis que utilizam o anonimato que internet para ofender, agredir e debochar daqueles que tem a ousadia de expor alguma característica que não os agrada, ou que eles invejem, como a inteligência por exemplo.
    Afinal a internet tem uma característica curiosa de , de alguma forma, demonstrar algumas características da alma humana, para aqueles que têm coragem de expor seus nomes e seus pensamentos, a Internet sempre será uma experiência de troca de informações e de crescimento pessoal.
    Da mesma forma, para os que assinam comentários como anônimos a internet é só mais uma porta de latrina onde podem escrevinhar qualquer coisa vazia no intuito de ofender e agredir sem serem identificados. Deve ser o ultimo prazer que suas almas pequenas alcançam.
    Quem escreveu isto ai, deve ser uma feiosa mal amada, uma mulher, ou mesmo um homem traído e conformado, e quem sabe este 24 do nickname não signifique algo que a criatura esconde de todos, mas no anonimato da internet solta a franga?
    De qualquer forma é só mais um alguém desprezível, sem luz ou brilho, que nunca fez e nunca fará a diferença na vida de ninguém, e que no futuro será apenas um nome escrito numa tumba abandonada, algum medíocre esquecido até por seus familiares. O tipo que deveria nem ter nascido.
    Luizão - aquele que assina o que escreve

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A resposta vai precisar ser em partes, já que o blog agora decidiu limitar o número de caracteres. OH eficiência de sistema! Às vezes parece que estamos ainda na idade da pedra lascada.

      Olá Luiz!

      Antes que o ou a infeliz se manifeste, vou corrigir:

      Não, esse ser que se manifestou não tem um nick tão “elaborado” assim, o 24 é referente à data do comentário, que eu copiei novamente aqui neste post para que ficasse mais claro para aqueles que ficassem sem entender do que eu estou falando. O nick name é SÓ e tão somente ANÔNIMO mesmo, e quando copiamos vem sem esse espaçamento.

      Na verdade quando comecei o blog eu realmente perdi muito tempo tentando me explicar, já que era uma experiência que muitos reprovavam, criticavam, e até amaldiçoavam. Ou seja, havia muitos só assistindo e numa torcida frenética para que não funcionasse, e como eu realmente nunca tinha tentado nada parecido, não podia enfrentar essa torcida de "igual para igual", eu realmente estava em desvantagem.

      Conforme meus resultados foram se confirmando positivos fui ficando mais forte a cada “pancada”, lembrando que nunca recomendei a minha dieta, apenas compartilhava com os leitores até para receber até mesmo os aconselhamentos, que quando enviados com BOA INTENÇÃO sempre foram muito bem recebidos.

      Depois de quase um ano muito bem controlada, vi em algum lugar (consta inclusive do blog, mas nesse momento não consigo localizar com precisão), um médico que informava sobre algumas pesquisas exatamente iguais às que eu mesma estava me submetendo, sobre a reação de alguns organismos às dietas convencionais, declarando publicamente que realmente muito do que funciona com a maioria pode não funcionar com algumas pessoas.

      Isso era exatamente o que eu estava comprovando com minha experiência pessoal, que atividade física não resolvia absolutamente nada comigo (notem: para eliminar peso), que dietas prescritas, por endócrinos e nutricionistas não davam certo e não apresentavam qualquer resultado. Por isso decidi me libertar de alguns alimentos que eu percebi que “me controlavam”, e foi a partir dessas descobertas que eu consegui me livrar de 15 quilos em 10 meses.

      Não vou iludir ninguém, no primeiro mês não foi nada fácil, já que eu era dependente química do açúcar e do carboidrato, mas passado o primeiro mês eu fiquei muito, mas muito melhor e ficou bem mais fácil, alguns alimentos deixaram de fazer parte do meu cardápio simplesmente porque passei a não gostar mais deles. Que eu não poderia consumir nenhum tipo de pão, nem mesmo os caríssimos integrais, que frutas me causam muita fome entre outras curiosidades.

      Excluir
    2. E quando falam que estou fazendo jejum, que passei fome, afirmo apenas o seguinte: Só passei fome nos primeiros quinze dias, ou seja nas duas primeira semanas, depois tudo que eu consumia era suficiente e em nenhum momento da dieta deixei de ingerir vitaminas, só reduzi sensivelmente o carboidrato, a gordura e o açúcar, pois comia muita sopa contendo muiiiiita vitamina, comia carne magra.

      Minha dieta só começou a dar um pouco errado quando decidi testar a terrível dieta da proteína. Aí a coisa ficou meio descontrolada, ou seja, novamente percebi que esta também não funciona pra mim.

      Assim sendo, posso afirmar com muita propriedade que comigo foi preciso algo mais radical do que o que a mídia prega por aí.

      E voltando ao seu comentário, não, eu não perco mais meu tempo me preocupando com o que esse tipo de gente comenta no blog, mas faço questão de registrar pois pelo que parece muita coisa envolve muitos interesses e quando você contraria alguns interesses talvez tenha que enfrentar esse tipo de situação.

      Talvez a pessoa pertença a alguma área COMERCIAL que dependa da crença de que todo mundo precisa de atividade física, ou então, aquela área que vende tudo que é produto SAUDÁVEL para eliminas peso, e quando se depara com uma experiência que pode ameaçar alguns lucros, fica indignado ou atacando para desacreditar “seu oponente”. Mas eu não estou aqui para concorrer com ninguém, só compartilho minha experiência, gratuitamente, não sou dona da verdade, mas nunca me submeti ao comércio que esse tipo de situação gera inclusive aqui na internet, quando fui procurada por uma empresa querendo que eu testasse seus produtos para emagrecimento, e quando eu afirmei que escreveria SOMENTE A VERDADE, a empresa decidiu não arriscar.

      Então, vemos uma série de blogs por aí, faturando e alto com histórias nada convincentes, com imagens que comprovam que muito pouco houve de evolução, e que vão à televisão falar do seu sucesso, e quando olhamos para a pessoa comparando o antes e o depois vemos que muito pouco foi reduzido, utilizam recursos de figurino para “esconder” o corpo real, usando no antes um tipo de roupa que realça o excesso de peso, e depois colocam outro traje que disfarça, ficando o “dito pelo não dito”, e fica todo mundo se iludindo com histórias lindas, frustrando cada vez mais pessoas que muitas vezes não conseguem entender porque com elas nada funciona.

      Talvez sejam alguns interesses como esses que se abalam tanto com meu blog, um blog sem nenhum vínculo comercial, sem “rabo preso” com ninguém, que apenas compartilha experiências.

      Excluir
    3. Desculpe, se me estendi demais outra vez, talvez você tenha lido todo meu histórico, mas muitos acabam lendo poucos trechos, já que ler dá trabalho, e fica muito mais fácil criticar e julgar por algumas poucas linhas.

      Essa é a parte mais fácil de se fazer nesse mundo CRITICAR e RECLAMAR, fazer algo para ser útil, ou mudar alguma coisa, sem querer nada em troca é bem mais difícil.

      Excluir
  4. Olá Edamoa, realmente me equivoquei quanto ao Nick, mas não creio que estou tão errado quanto ao resto, afinal quem escreve estas aberrações só pode ser um expert em ser frustrado, qualquer psiquiatra se deliciaria com o ato falho deste texto: "que vida amarga. eu já teria dado um tiro na cabeça se eu vivesse entre obrigações e sofrimentos. enqto vc se debater com as coisas que todo mundo na vida faz, vai continuar amarga. e comendo pra compensar isso."Só pode ser auto referência...
    Vai por mim, isto não é crítica positiva, é espinafrar mesmo,é possível que você esteja certa, quem se opõe ao deus do fitne$$, vendendo máquinas de emagrecimento de R$6.000 além das dieta$ mágica$ e seus $ub produto$ enfrenta a oposição de quem vive disto...
    Luizão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Luiz

      Realmente esse JULGAMENTO que a pessoa faz é de arrepiar!

      Quem está reclamando do quê afinal de contas? Meus relatos como até já escrevi há bem pouco tempo aqui, podem até me condenar, sob o ponto de vista que muita coisa acaba servindo de DESCULPA, afinal quem detesta atividade física encontra uma desculpa em qualquer situação, nem que seja o vento que atrapalha o cabelo e dificulta a caminhada... kkk. Mas daí a afirmar que tenho uma vida AMARGA? que estou reclamando do que todo mundo faz? Pra começo de conversa eu sempre digo aqui em casa que "Quem quer ser igual a todo mundo nunca será ninguém", portanto EU definitivamente não sou TODO MUNDO, e tudo que faço, faço realmente por opção e justamente por isso minha primeira opção nunca será a ATIVIDADE FÍSICA.

      Quanta dificuldade as pessoas tem de aceitar que uma outra pessoa, mesmo compreendendo que a Atividade Física pode sim ser benéfica, pode escolher entre gostar ou não da dita cuja, tão essencial para algumas outras pessoas?

      E quando nos deparamos com esse tipo de gente intolerante às nossas “limitações”, sentimos que cada vez mais temos razão em duvidar de tanta satisfação.

      Afinal, como disse antes, tem gente que vive muito bem SEM atividade física, e talvez não viva tempo suficiente para sentir os efeitos danosos pela falta dela, mas também tem muito atleta morrendo, e muito cedo, sem qualquer explicação, portanto, tem muita coisa entre o CERTO e o ERRADO nessa história toda.

      E obrigada pelo apoio, são leitores como você que me motivam a nunca desistir, pois se dependesse daqueles que estão torcendo contra, já teria acabado com o blog faz muito tempo.

      Excluir
  5. OLÁ EDAMOA, ENCONTREI ESTE TEXTO MEIO QUE POR ACASO NA NET, ACHO QUE VOCÊ VAI GOSTAR, E DE CERTA FORMA RESPONDE A SUA INDAGAÇÃO DE POR QUE EXERCÍCIOS NÃO FUNCIONAM CONTIGO.
    DEIXEI O COMENTÁRIO NO MODO “ON”
    PRATICAR EXERCÍCIOS SEM PRAZER
    Uma rotina de exercícios sofrida interfere negativamente nos resultados do treino...
    Fonte: Minha Vida . Saúde, Alimentação e Bem Estar
    Por: Ana Maria Madeira

    A ciência só vem confirmar o que todos desconfiam: fazer algo sem prazer, não surte bons resultados. E isso vale também para os exercícios físicos: um estudo realizado pela Universidade de Vermont, nos Estados Unidos, comprovou que as mulheres que avaliam sua rotina de exercícios como sofrida, acumulavam mais quilos em um período de um ano, quando comparadas àquelas que não consideravam o treino um sofrimento. Mas por que muitas vezes a prática de exercícios é encarada como algo penoso?

    Se você fizer um exercício que gosta, as chances de ficar "viciada" e não querer parar mais de se exercitar são bem grandes. Entretanto, há um complexo processo por trás do nosso metabolismo que pode fazer uma pessoa sentir frustração com a rotina dos treinos. O sofrimento de muita gente com a atividade física pode ser explicado pela sensação de praticar os exercícios e, ao mesmo tempo, não ver uma diminuição do peso. *
    • NOTA DO LUIZÃO: NÃO É MEU CASO... NUNCA ME PREOCUPEI COM PESO, E QUANDO ERA FORÇADO A PRATICAR ESTA TORTURA NO GINÁSIO, VIA A ATIVIDADE FÍSICA COMO SOFRIMENTO POR QUE ELA É SIMPLESMENTE ISTO: SOFRIMENTO. O QUE RESPONDE A PERGUNTA DO PRIMEIRO PARÁGRAFO DO TEXTO: “Mas por que muitas vezes a prática de exercícios é encarada como algo penoso?” POR QUE É!!


    RESULTADOS NO PRATO
    AGORA SEU PROBLEMA:
    Quando alguém começa a praticar uma atividade física, passa a sentir uma maior necessidade de comer, devido ao maior gasto energético. O problema é que muitas pessoas não calculam bem esse equilíbrio, pois não sabem direito o quão calóricos são os alimentos que ingere, ou superestimam a quantidade de calorias que o exercício físico queimou. "Para quem não é atleta, ou seja, que não ultrapassa uma média de uma hora e meia de exercícios físicos por dia, dificilmente vai gastar mais que 800 calorias com o treino em um dia", diz o fisiologista do exercício da Unifesp Paulo Correia.

    E essa quantidade não é muito difícil de ser reposta com a alimentação: uma escapadinha com uma sobremesa aqui e um petisco acolá são capazes de dar conta de repor e até extrapolar o que você suou para perder. "Para quem quer emagrecer, o maior segredo, não está somente nos exercícios (que, claro são fundamentais para a boa saúde), pois a alimentação correta é muito mais eficiente em não colocar calorias e gorduras para dentro da sua "máquina", do que tentar gastá-las em vão", explica Paulo. Uma boa dica para quem faz exercício é deixar a refeição para o pós-treino, quando o fígado libera a substância glucagon*, que facilita a queima das gorduras que você vai ingerir. Esse processo não acontece antes do esforço intenso, ou seja, não é uma boa apostar nas refeições pesadas e guloseimas antes do exercício físico.
    • SEGUNDA NOTA DO LUIZÃO: DEPOIS DO MITO DA ENDORFINA AGORA PINTOU O TAL GLUCAGON!!



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela contribuição amigo (a) anônimo (a).

      Acho que já li praticamente tudo que está nesses texto algumas vezes, ora escrito por um autor, ora escrito por outro.

      São informações importantes sim, mas como o mesmo texto menciona é preciso dimensionar muito bem tudo e adequar à realidade de cada indivíduo, pois continuo com a tese de que cada organismo reage diferentemente e tudo vai depender muito do individual.

      Só não consegui entender muito bem suas análises sobre as notas do nosso leitor Luizão, que tem suas convicções, assim como eu tenho as minhas e você as suas.

      Mas acredito de fato que todas essas informações são de grande valor ao nosso processo de "Tentativas, Erros e Acertos".

      Excluir
  6. segunda parte
    SOFRA MENOS

    Outra pesquisa, também da Universidade de Vermont, comprovou que a boa fama das endorfinas, substâncias por trás da super disposição que dá as caras logo depois da prática esportiva, dura mais do que alguns minutos, como se pensava até pouco tempo atrás. Os pesquisadores observaram que a euforia saudável proporcionada por essas moléculas despejadas no cérebro durante a atividade física perdura por até 12 horas, garantindo a disposição.

    Ou seja, não é mito, nem algo inalcançável gostar tanto da atividade física a ponto de fazer dela um hobby - e não só uma obrigação com sua dieta e saúde. Entretanto, quem começou a se exercitar agora, não irá sentir esse efeito de imediato? A maioria das pessoas começa a sentir prazer com o exercício em alguns meses de treinamento, mas isso varia de pessoa para pessoa, de acordo com a personal trainer Paula Loiola.

    Se você não vê a hora de encarar a rotina de exercícios como uma diversão, deve pensar bem antes de escolher sua atividade e, além de checar sua saúde, pode optar por fazer também uma avaliação com um profissional de educação física. Quem quer tomar gosto pelos exercícios deve observar qual é seu tipo de perfil e escolher a modalidade que tem a ver com a personalidade. Há pessoas que não gostam das academias cheias, preferindo atividades em casa ou ao ar livre, há aqueles que preferem exercitar o corpo e a mente ao mesmo tempo (e escolhem práticas como Tai Chi ou Yoga). "Mas seja qual for a sua escolha, a musculação não deve ser deixada de lado, pois é uma base para fortalecer a musculatura, o que é importante e qualquer atividade física".*
    • *: TERCEIRA NOTA DO LUIZÃO É INCRÍVEL COMO ESTES CARAS FORÇAM A BARRA, VOCÊ QUE SE SENTE UM SACO DE PANCADAS POR FAZER GINÁSTICA, LOGO DESCOBRE QUE SE SENTE ASSIM POR NÃO FAZER MUSCULAÇÃO... CARAMBA!!! É SÓ O QUE FALTAVA, VOCÊ PENSA QUE ESTÁ SENDO MOIDO, E OS CARAS AINDA ACHAM QUE ALEM DA INSUPORTÁVEL ROTINA E EXERCÍCIOS CHATOS, VOCE TEM DE SE MATAR FAZENDO MUSCULAÇÃO. QUE É 1000 VEZES PIOR, MAIS DOLORIDO E SACAL. E A MENINA COMEÇA COM O TÍTULO DE SOFRA MENOS, NÃO DÁ . TÔ FORA MESMO!
    LUIZÃO

    ResponderExcluir
  7. Amiga não desista...Maria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Maria!

      Desistir não faz parte do meu dicionário, nem tão pouco do meu dia a dia.

      Excluir
  8. Souuu nova no blog...
    vamso trocar ideiaaas :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem Vinda Nana Bolinha!

      Vamos sim, trocar muitas ideias por aqui.

      Tenho andado muito atarefada e o blog não está no ritmo que eu gostaria, mas em breve retomo tudo isso com mais dedicação.

      Só tenham paciência pois nem sempre consigo responder aos comentários e como geralmente faço questão de responder um a um, demoro um pouco a publicá-los.

      Excluir
  9. Nossa Edamoa sempre acompanhei muito o seu Blog, trocamos vários comentários, participei das "competições" e lhe acho uma guerreira pela vitória que conseguiu! Há tempos não passava por aqui e é mto triste ver que as pessoas ao invés de se ajudarem, aparecem para desmotivar e arrasar quem tanto esta crescendo. Sinto pelo que fizeram...

    Estou novamente na luta! Montei um blog crendo que este veículo pode dar força ao nosso progresso. Quero dividir, trocar, ajudar para ser ajudada! Da uma olhada! Comenta e me segue la! Força e beijos!!

    ResponderExcluir

Obrigada por sua contribuição.
Minha resposta para seu comentário estará disponível juntamente com ele, o mais rápido que eu puder.