terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Despedida de “Gordices”

Não tem Despedida de Solteiro?

Pois acabo de inventar a “Despedida de Gordices”...

Lembram do CHEGA que eu disse para mim mesma, em Dezembro de 2010? Eu falo dele no começo do blog iniciado em Janeiro de 2011.

Pois bem, cansada do efeito platô, em que me encontro desde o início de Novembro de 2011, decidi fazer uma “despedida das gordices” nesse último final de semana. Exorcizar o pensamento gordo, acabar com aquela expectativa de emagrecer mais uns quilos para poder comer algo que está guardado.

Quem não se lembra das pamonhas que eu tinha guardadas no freezer desde Abril de 2011, que menciono em dois posts?

Tinha? É tinha, depois de tanto resistir resolvi comer também as pamonhas, acabaram substituindo refeições, resisti bravamente até agora e de nada adiantou ter esperado tanto para saboreá-las, decidi que já era tempo de liquidar essa tentação, e eu tinha duas opções: Ou jogava fora, ou me deliciava e acabava com a vontade, eliminando esse obstáculo do meu caminho.

O fato de estar aguardando uma data especial para me presentear com a delícia me cansou, pois estacionada há 3 meses, essa espera não me levou a lugar nenhum.

Então esse foi um mês dedicado ao descanso da dieta, não fui nada rigorosa, comi desregradamente, acompanhei as crianças em algumas guloseimas e finalizei com minhas valiosas pamonhas de Minas Gerais.

Estou começando Fevereiro como comecei Janeiro de 2011, DETERMINADA a atingir meus objetivos, agora não tenho mais nada guardado no freezer apenas esperando meu resultado, agora meu resultado deve vir sem uma contrapartida, ou seja, deve vir apenas porque é chegada a hora de continuar a caminhada, não porque terei alguma premiação para isso.

Talvez seja hora de reiniciar o “Tratamento do Choque” que precisei no início, que me ajudou muito a reequilibrar minhas vontades, pois nesse processo radical eu realmente reduzo o nível de insulina no meu organismo, pois faço um corte relativamente radical no carboidrato, embora mantenha uma grande quantidade de verduras e legumes, mas elimino por um curto período arroz, pães, bolos, tortas e massas em geral. Isso me ajuda a controlar minha “fome sem motivo”, gerada pelo excesso de insulina que meu organismo libera quando consumo grande quantidades desses itens.

Controlada a Fome sem Motivo, fico muito mais tranqüila, paro de ficar procurando o que comer no decorrer do dia, pois procurando acabamos encontrando, e aquela estratégia de esconder (lá do Resumo) acaba não funcionando.

Os últimos quatro dias foram verdadeiras orgias gastronômicas e ficaram para trás.

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Competição 270112


Atualizado em 30/Jan/12  


Lembrando a todos os leitores que todos podem participar dessa nossa “brincadeira séria”, como definimos no início, basta acompanhar seu peso semanalmente e enviar o resultado até o sábado, para tabulação dos dados.
Parabéns LICA,  você que está começando agora, já conseguiu garantir a sua medalha em apenas duas semanas de controle. Continue firme, pois só assim os resultados conquistados com tanto esforço, permanecem.

Ganhei mais uma vez 700 gramas resultando num peso atual de 71,300 Kg. É a minha margem de erro que insiste em permanecer em 1 quilo para mais, e só em uma pesagem desde Novembro ela chegou a 1 quilo para menos, ou seja 69,500 Kg, e foi apenas quando fiquei doente. 


Tenho passado o tempo entre 71,5 Kg e 70,5 Kg, mas uma hora agente precisa acordar, mais cedo ou mais tarde alguma atitude precisa ser adotada, a minha provavelmente será confirmada a partir de 1 de Fevereiro.


Já preparei o post de 31 de Janeiro para liquidar eventuais pendências e acabar com a hesitação, já perdi muito tempo.


Assim, ficamos eu e a Regiane em alerta máximo para que o aumento registrado não se estabeleça.

Nota:
As participantes que deixam de enviar seus resultados por muito tempo acabam sendo retiradas temporariamente da lista para não ficarmos com lacunas inteiras sem preenchimento, mas tão logo consigam se reorganizar e voltar a passar os dados, serão automaticamente incluídas.

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Vamos Esclarecer

Tem gente confundindo tudo no blog, então vamos dar uma clareada para que aqueles que chegaram mais tarde possam entender.

Eu estabeleci uma meta em 2011, que eu acreditava ser possível atingir, justamente para não buscar algo que eu não conseguiria e acabar desanimando pelo meio do caminho, o que, aliás, não canso de sugerir para todos os leitores, pois estipulando uma meta atingível fica um pouco mais fácil de seguir sempre em frente.

Então, decidi que precisaria eliminar no mínimo 15 quilos durante o ano de 2011, o que consegui em apenas 271 dias, e destaco que não voltei a engordar depois disso, só que também não consegui emagrecer mais.

Tenho consciência dos motivos que me fizeram estacionar, e sempre relato no blog, pois não sinto qualquer orgulho desses deslizes e acho importante que minha situação sirva de exemplo para quem pensa que um abusinho ou outro não vai atrapalhar. Pelo contrário, atrapalha e MUITO.

Eu realmente me acomodei e voltei a comer coisas que eu havia abolido do cardápio, mesmo que eventualmente, a diferença é que eu não voltei com a ferocidade de antes, ou seja, a quantidade é bem menor, o que me garante certa estabilidade na balança.

Mas para quem ainda precisa eliminar bastante, os abusos são fatais, eles não te fazem estacionar, mas muitas vezes levam ao aumento do peso, pois você ainda não atingiu uma situação de controle, onde consegue limitar a quantidade e aliar a isso uma compensação imediatamente após o abuso, pois acaba abusando seguidos dias, sem se conter e controlar bastante para reequilibrar, ou eliminar o que recuperou no período anterior.

Assim, você acaba fazendo dieta um dia e abusando 6 e claro, vai pensar só em desistir, pois são dois passos para frente e 4 ou 5 para trás.

Portanto gostaria que todos entendessem que essa minha estagnação está diretamente relacionada à minha dedicação. Como tenho me empenhado pouco ou muitas vezes NADA, também não tenho conseguido eliminar nada.

É muito importante ter essa clareza nas idéias, pois desde o começo, eu insisto em afirmar que o MILAGRE não está nos produtos especiais, na drenagem linfática, na clínica de estética, mas na forma com que encaramos a comida.

Houve uma época em que eu passei a “odiar” certos tipos de alimentos, e atualmente tenho caído em tentação com alguns deles, e posso garantir que tudo não passa de uma questão de COSTUME, quando nos desapegamos de alguns tipos de alimentos (que na verdade nem poderiam ser classificados como alimentos, pois não servem para alimentar, mas para engordar), acabamos sentindo pouca ou nenhuma falta deles, mas a partir do momento em que voltamos a consumi-los, voltamos a ser reféns deles.

Então, procurem copiar de mim, só o “que presta”, porque o que “não presta”, todos nós, já fazemos o suficiente, no que diz respeito à dieta.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Dias Curtos

Só para registrar que pra variar, minha ausência está relacionada a excesso de ocupações e tarefas.

Como uma pessoa multitarefa que sou, estou tentando me equilibrar entre uma tarefa e outra, mas alguma coisa acaba sendo sacrificada, nesse caso, o blog.

Final de férias escolares, etiquetar e encapar todos os cadernos e livros, organizar todos os materiais.

Já comentei anteriormente que eu compro o material escolar ainda em Outubro, justamente para sofrer menos com as filas INTERMINÁVEIS das papelarias nessa época, quando todos os pais do planeta saem ao mesmo tempo para comprar o material escolar dos filhos.

Dessa forma eu só volto à papelaria no início de Dezembro, quando a escola entrega a lista de materiais, para comprar aqueles itens mais específicos. Assim, enquanto está todo mundo maluco nos supermercados correndo atrás dos produtos para a ceia de Natal, eu estou bem tranquila na papelaria pegando o que faltou, e agora, nem por muito dinheiro passo perto de papelaria.

Assim, além de economizar um bom dinheiro, pois os preços costumam subir bem, após as festas, justamente porque sabem que é nessa época que os pais vão às compras, eu ainda ganho MUITO TEMPO, pois sempre FALTA HORA NO MEU RELÓGIO...

Fica a dica para quem não gosta de pegar fila, embora eu tenha ouvido ontem na TV, que o povo de São Paulo adora pegar uma fila, mas eu não me enquadro nessa estatística mesmo...

O Problema é que com essa correria, a dieta também acaba sendo “de qualquer jeito”, e isso não é bom.

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Vigorexia

Eu nunca tinha ouvido falar desse distúrbio, mas chamou minha atenção recentemente, quando escutei o termo numa reportagem na TV.

Caracteriza-se pelo culto exagerado e compulsivo à atividade física.

Tudo bem que eu sou uma pessoa um tanto quanto arredia à atividade física, mesmo tentando muitas e muitas vezes eu não permaneço freqüente, e acaba me faltando muita disciplina.

Acontece que eu realmente não gosto de ginástica e tenho alguns motivos para não gostar, começando pela forma com a atividade física é imposta na escola, inclusive já tratei desse tema, em 31/Março/2011, no post "Atividade Física na Escola"(http://emagrecendo365dias.blogspot.com/2011/03/atividade-fisica-na-escola.html).

Entretanto, quando parei para pensar em Vigorexia, me ocorreu que enquanto eu detesto atividade física, existem muitas pessoas que adoram por mim e por muitas outras pessoas, ou seja,  praticam atividade física de uma forma exagerada.

A questão parece ser um pouco séria, pois esse distúrbio está associado a uma patologia desencadeada por um sistema onde o culto a imagem acaba se equiparando a uma “religião”.

Alguns autores associam a “doença” ao Transtorno Dismórfico Corporal, quando a pessoa não consegue enxergar sua real forma, tendo sempre a impressão ao se olhar no espelho, de que ainda não está em forma, ou que mesmo magro, continua se vendo gordo.

Seria ainda esse Transtorno Dismórfico responsável pela Anorexia, Bulimia e agora pela Vigorexia.

Continuo procurando minha vocação para a atividade física, e após concluir meu check-up, estando tudo ok, volto a procurar, mas com certeza apenas o suficiente para me trazer bem estar físico e mental.

domingo, 22 de janeiro de 2012

Competição 200112

Atualizado em 22/Jan/12  18:13 h

Atualizado em 24/Jan/12  07:51 h


Lembrando a todos os leitores que todos podem participar dessa nossa “brincadeira séria”, como definimos no início, basta acompanhar seu peso semanalmente e enviar o resultado até o sábado, para tabulação dos dados.

Parabéns Nissinha,  você que está começando agora, já conseguiu garantir a sua medalha em apenas duas semanas de controle. Continue firme, pois só assim os resultados conquistados com tanto esforço, permanecem.

Preciso registrar os parabéns para a Paula, cujo resultado só chegou ontem 23/01, mas que registrou um número excelente, e vem tendo um desempenho excepcional. Parece que agora está realmente conseguindo concentrar esforços e de uma forma muito saudável.

Temos novamente uma segunda medalha nessa semana que vai para a Paula, pois como já aconteceu anteriormente, não posso retirar a medalha que já foi entregue, não seria justo com a Nissinha que iniciou sua semana com tanto entusiasmo.


Nota:
As participantes que deixam de enviar seus resultados por muito tempo acabam sendo retiradas temporariamente da lista para não ficarmos com lacunas inteiras sem preenchimento, mas tão logo consigam se reorganizar e voltar a passar os dados, serão automaticamente incluídas.

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Medicina e Contradições

Desculpe-me a classe médica, mas cada vez mais eu confio MENOS nos profissionais da saúde.

Quem “me conhece”, ou seja, que vem acompanhando o blog há algum tempo, já deve ter percebido isso, pois eu sempre tenho algum relato de uma experiência no mínimo duvidosa com médicos.

Como todos sabem, estou fazendo o check up e hoje, estou atrasada na postagem justamente porque fui fazer uns exames laboratoriais – Achei que estava doando sangue, tantas foram ampolas que retiraram.

Mas minha crítica não é essa, eu fiz um ultrasson da Tireóide que vem sendo acompanhada há pelo menos 4 anos, e depois do primeiro que acusou um pequeno nódulo, eu sempre levei o exame anterior para repetição.

Dessa vez, como num outro exame que decidi não levar o anterior, fizeram o ultrassom e CADÊ O NÓDULO? Simplesmente não existe nódulo algum, o médico examinou, olhou, olhou e disse que está TUDO SUPER NORMAL, inclusive o laudo afirma isso.

Lembro-me que no primeiro exame uma das médicas chegou a cogitar uma espécie de punção, mas depois descartou, afirmando que poderia monitorar mais um tempo.

Se fosse algo para cirurgia, teriam feito uma cirurgia, e talvez nem existisse nada.

Isso me deixa passada! Não é o primeiro exame que eu faço isso, tenho outros de outras regiões, que decidi fazer a mesma coisa e o “problema” visto inicialmente já não foi mais notado.

Como então podemos confiar nos laudos e diagnósticos de exames?

Entendo que o médico é humano e pode sim se enganar, mas tenho a impressão que é muito mais fácil continuar “enxergando” o erro anterior do que avaliar o paciente e a situação do momento.

Nota: Nesse caso me refiro especificamente ao médico responsável pela realização do exame, não o médico solicitante que fica no meio de uma situação que não depende dele, pois não pode contestar um laudo emitido por outro colega.

Se o exame anterior acusou alguma manchinha, ela vai ser vista pelo resto da vida, se o médico anterior viu qualquer coisa, ela vai ser vista eternamente. É uma espécie de AUTO-SUGESTÃO.

Por isso eu NUNCA EM HIPÓTESE ALGUMA, fico com uma única opinião, e na dúvida peço para refazer o exame.

O bom de tudo é que entre ontem e hoje, passei por mais dois médicos e mais uma vez, ambos se surpreenderam com minha redução de peso.

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Emagrecimento & Amizades

Todos devem se lembrar que recentemente eu levantei uma polêmica danada afirmando que muitas vezes as nossas amizades não têm qualquer interesse em ver nossa vitória contra a balança.

Lembrando bem que destaquei que não se trata de generalizar, todos nós temos sim, amigos que podemos CONFIAR TOTALMENTE. Mas não dá para negar que às vezes encontramos em nosso caminho pessoas que para se sentirem bem, precisam ter outras pessoas mal ao lado.

Devem estar lembrados que comentei que algumas chegam a torturar quem está acima do peso quando fazem questão de afirmar a todo o momento que “podem comer de tudo, e não engordam...”

Pois bem, hoje, revirando os meus arquivos de textos e pesquisas, encontrei um texto do final do ano passado onde consta que uma pesquisa realizada na Inglaterra por uma empresa de emagrecimento descobriu que mulheres que emagrecem são fonte de tanta inveja que a perda de peso acaba atrapalhando suas amizades.
Um terço das mulheres admitiu sentir ciúmes das amigas que perderam peso, e que chegam a desejar que as amigas sejam mais gordas do que elas. E pasmem: Uma parcela das entrevistadas afirmou que se sente feliz ao constatar que está mais magra que as melhores amigas.
Segundo o estudo, por mais que digamos que queremos o melhor para nossos amigos, não conseguimos evitar o sentimento de derrota diante do emagrecimento alheio e, em alguns casos, a inveja é tão grande que atrapalha SIM a amizade.
A pesquisa ouviu 10 mil adultos que estavam tentando emagrecer e descobriu ainda que muitos eram encorajados por familiares e amigos a "enfiar o pé na jaca" de vez em quando. Assim, 93% das mulheres ouvidas disseram que emagrecer não lhes traria novos amigos e mais de 40% dos adolescentes no programa decidiram perder peso para evitar serem vistos como "os amigos gordos" da turma.
Detalhe, eu ainda não havia lido este texto quando recentemente fiz essas observações, que inclusive fazem parte de alguns trechos do meu Resumo, feito ainda no primeiro semestre de 2011.
São impressões que acabei adquirindo com o passar do tempo, que muitas vezes chamamos de experiência de vida...
Não significa que o MUNDO esteja contra nós, mas precisamos estar atentos aos sinais de eventuais intrusos ou mesmo inimigos da nossa busca.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Um Pouco Por Dia

Se estiver difícil pra alguns de vocês, quero fazer algumas sugestões:

Minha primeira regra, sempre foi retomar o meu Resumo quando me sentia desorientada, perdi a conta de quantas vezes li e reli o Resumo;

Anotem tudo o que comem diariamente;

Verifiquem seu peso com uma periodicidade curta;

Sentimentos negativos nada mais são do que o seu cérebro tentando te sabotar;

Não desanimem;

Se por acaso estiver seguindo o Blog há pouco tempo e não leu todos os "post´s" (o que acho natural, pois é bem difícil chegar depois de um tempo e ter coragem para ler tanta coisa), talvez fosse interessante você ler um “post” por dia, começando desde o início, Tenho certeza que vai encontrar muita coisa interessante e muita motivação, lendo os “post’s” e os comentários, que na verdade acabam enriquecendo muito o blog.

Dedique uns minutinhos por dia para fazer isso. 

Não quero com isso dizer que o que eu escrevo é alguma "CURA MILAGROSA", longe de mim, mas assim como eu encontrei forças todos os dias, acredito que também possam encontrar alguma palavra motivadora, se não no post, nos comentários, assim percebemos que não estamos SOZINHOS e que nossos problemas e dificuldades não são exclusividade nossa.

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Revisão

Comecei a Revisão geral.

Ontem fui ao ortopedista para checar parte das dores: Coluna, joelho e pés.

Na coluna o no joelho NADA. Tudo aparentemente em ordem. Ainda bem que ele não falou que é problema de "junta": "Junta tudo e joga fora..." rsrsrsrsr

Os pés vão passar por uma investigação maior, já que o problema que provavelmente vai se confirmar, não é ósseo e portanto não aparece em Raio X.

Ao relatar para o médico que no ano passado eu despachei 15 quilos, ele ficou surpreso quando perguntou se foi sem remédios e sem ginástica, e eu respondi SIM.

Até o médico se surpreendeu com um resultado desse "tamanho", apenas com mudanças nos hábitos alimentares.

Ah como  essa sensação é boa!!!!!


Talvez seja a sensação de "Dever Cumprido", embora ainda restem alguns quilinhos que persistem, mas eu sou mais teimosa ainda...

domingo, 15 de janeiro de 2012

Competição 130112

Atualizado em 15/Jan/12  09:23h


Lembrando a todos os leitores que todos podem participar dessa nossa “brincadeira séria”, como definimos no início, basta acompanhar seu peso semanalmente e enviar o resultado até o sábado, para tabulação dos dados.


Parabéns Elaine,  A medalha que há tanto tempo você vem buscando, finalmente é sua.

É muito importante explicar alguns critérios que podem ser mal interpretados:

Eu geralmente considero os últimos dois resultados, quando há alguma dúvida, vou puxando os anteriores até desempatar, ou ficar o mais JUSTO possível.

Todos que acompanham o blog devem ter percebido o quanto a Elaine vem tentando conseguir a medalha, e no Resultado de 16 de Dezembro, sabemos que ela ficou muito decepcionada, porque tinha um resultado muito expressivo e acabou perdendo por que sua frequência não nos permitia qualquer análise do resultado, uma vez que estava sem passar suas informações desde 11 de Novembro e não havia dados para compararmos sua evolução, e naquela ocasião seria injusto, pois as outras "competidoras" vinham se esforçando muito e registrando seus resultados todas as semanas, sem falhas, mesmo que com números inferiores.

Dessa vez, embora com duas lacunas, acredito que seja justo que ela fique com a medalha, até como forma de motivar ainda mais para que ela mantenha o controle, pois é uma das poucas semanas que ela consegue ELIMINAR seguidamente em dois resultados.

Esclarecendo que é preciso ter no mínimo dois resultados seguidos para conseguirmos comparar a evolução, pois resultados isolados muitas vezes trazem uma falsa impressão de positivo ou negativo, como sempre deixo claro, o período é mais importante do que um momento isoladamente.

Mas também preciso destacar a QUALIDADE dos dados da REGIANE, que está apresentando os melhores resultados entre todas nós, pois ela vem aos poucos, mas sempre eliminando, de uma forma equilibrada, sem exageros enquanto nós muitas vezes registramos grandes eliminações e em seguida recuperações desanimadoras.

Assim, Parabéns à Regiane pela qualidade, eficiência de seus métodos e resultados. Penso inclusive que a sua fórmula seria a chamada “IDEAL”, mas como sempre friso por aqui, precisamos sempre considerar o INDIVÍDUO, e suas reações, nem tudo que funciona bem com um vai ser “ideal” com outro, para você Regiane, parece ser simplesmente perfeito.

Nota:
As participantes que deixam de enviar seus resultados por muito tempo acabam sendo retiradas temporariamente da lista para não ficarmos com lacunas inteiras sem preenchimento, mas tão logo consigam se reorganizar e voltar a passar os dados, serão automaticamente incluídas.

sábado, 14 de janeiro de 2012

Erros do Dia

Agora um link para eu me policiar e até ficar mais constrangida perante os demais leitores:


Vou colocar aqui, todos os dias, o que eu comi e que NÃO DEVERIA, NEM PODERIA ter comido, quando for o caso.


Lembrando a todos os leitores, que NÃO ME ORGULHO desses deslizes relatados aqui, pelo contrário, quero com isso ilustrar para todos, que nossos resultados estão DIRETAMENTE RELACIONADOS AO NOSSO ESFORÇO.


Quanto mais fraquejamos, mais distantes ficamos do nosso objetivo.


Então a Regra PRECISA SER NÃO CEDER, enquanto estivermos cedendo, ou vamos continuar estacionados ou pior, vamos engordar mais e mais...


22/03/2012
Como assim? O peso aumentou?
O que pode ter contribuído com o processo?
Tomei pouca água e o jantar ocorreu bem depois das 18 horas.
Só isso foi suficiente para o peso oscilar para cima em 800 gramas.


15/03/2012
Comi Bolo de Aniversário, comi todos os pães que encontrei pela frente - foi um dia muito estressante e embora eu concorde que não podemos justificar a fúria por alimentos através de situações de estresse, eu também ainda sou uma vítima desse tipo de dificuldade


09/02/2012
Cheguei da fisioterapia cheia de fome, ataquei a geladeira e os armários, onde tudo fica escondido para não chamar nossa "atenção faminta". Exagerei sim, é muito constrangida que assumo isso publicamente, acho que estando muito próxima de meu peso "ideal" não estou resistindo como deveria, e a balança não sai do lugar, mas registrando aqui fica fácil para que as pessoas que acompanham o blog percebam que não podemos mesmo ceder, não vamos chegar a lugar nenhum cedendo. E como já escrevi aqui, eu tenho que voltar a controlar a "Atração Fatal", entre a quarta-feira e o domingo, período que recupero peso. Eu elimino entre a segunda e a quarta e recupero entre a quinta e o domingo, isso não está bom.


27/01/2012
Dia da pesagem, o resultado como não poderia deixar de ser, refletiu os abusos dos últimos dias, e não satisfeita decidi me despedir da minha pamonha que me aguardava no freezer desde Abril de 2011. Comi e decidi que esse final de mês será a Despedida das Gostosuras, Chega de Travessuras na Dieta. Veremos se consigo manter a promessa, a partir do dia 1° de Fevereiro.


26/01/2012
Não contente com o abuso na pizza e até por já ter saído da linha ontem, acordei com uma "forme de leão", então como não poderia deixar de ser, hoje, foi um pequeno abuso no pão, embora integral, acabei exagerando um pouco, tanto que nem almocei, ainda bem, porque era estrogonofe de carne, um pouco calórico para meu padrão, pouca água. Já sei que amanhã meu resultado semanal não vai evoluir, terei sorte se não regredir...


25/01/212
Pizza à noite. Recebemos amigos das crianças - a famosa "Festa do Pijama", não tinha vontade de fazer outra coisa, fiz uma massa de pizza integral, com dois sabores: Palmito e Calabresa, eu só comi a de Palmito, mas sei que nem essa deveria ter comido.


20/01/2012
Hoje, estou muito revoltada com minha estagnação, mesmo consciente que não tenho me esforçado o suficiente, não me conformo. Hoje foi dia de pesagem e o resultado da semana foi ZERO.
Sentei com minha filha e decidi abrir uma lata de leite condensado para comer com panetone. PRONTO,  COMI.
Nem foi por birra, foi mais ou menos assim: " _ Já que não emagreci nada nessa semana mesmo, vou comer algo proibido..."
Como sempre faço, vou compensar, mas só compensar pode até ajudar a não engordar, mas não ajuda a eliminar o que está incomodando.

Quer Medalha?

Será que já temos uma vencedora na semana?

É a primeira semana PÓS FESTAS. 

Lembrando também que o resultado considera um período, não apenas a semana isoladamente.

Ainda estão faltando alguns resultados, e por isso não vou publicar os que já recebi, fica o suspense...

Quem será que leva a medalha dessa semana?

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

S.O.S.

Gente!

Passei a manhã inteira na cama.

Na sexta feira passada foi uma dor de cabeça, mas hoje foi  mesmo uma crise de Enxaqueca.

Mas estou quase recuperada, como já mencionei em outras ocasiões as crises ficaram menos frequentes e suas durações também ficaram menores depois da mudança nos hábitos alimentares, antes eu ficava até 3 dias e 3  noites completamente derrubada.

Vou tentar voltar daqui a pouco para responder aos comentários que já estão aguardando desde a manhã.

Só vou descansar mais um pouquinho.




15:55   Hs.


Já consigo ficar de pé, já dá para fazer o "quatro", a bebedeira passou. kkkkk


Bom Já fiz a atualização do "post" de ontem, nossa super enquete, embora inconclusiva, mas pode ser um indício para não acreditarmos que nossas mães tenham qualquer culpa por termos alguma dificuldade com a balança hoje em dia. rsrsrsrs


Lembrando que estarei aguardando ansiosa os resultados dessa semana de todas as competidoras

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Enquete:

Agora quero de fazer uma enquete aqui no blog.

De todos que acessam, sejam seguidores ou anônimos, gostaria de saber quem na infância tomou vitamina em forma de remédio?

Aquelas vitaminas compradas nas farmácias ou receitadas pelos médicos, e que faziam a alegria das mães que muito preocupadas com a magreza dos filhos, viam nesses “remédios” as melhores alternativas, principalmente se a criança não gostasse tanto de comer, e desse aquele trabalho básico na hora das colheradas que não cabiam na boca.

Vamos lá gente, não vai doer nada, uma respostinha a esta pesquisa super científica... E além de tudo eu facilitei, não precisa confirmar letrinhas, nem aguardar moderação, colaborem com a ciência... rsrsrsr

Basta um comentário, identificado ou anônimo informando "SIM" ou "NÃO" - Se quiser dar mais informações fique à vontade.


RESULTADO = INCONCLUSIVA



7 NÃO contra 8 SIM


Considerando que todas as respostas sejam de pessoas que hoje estão com alguma dificuldade em manter ou controlar o peso, aquela teoria de que quem toma vitaminas na infância engorda na vida adulta não pode ser considerada.


Quando comecei a engordar, ouvi muito esse tipo de coisa e confesso que fiquei um pouco brava com minha mãe que sempre me dava muito desse tipo vitamina.


Embora nossa consulta não tenha nada de cientifico, não é possível afirmar que eu passei a ter mais apetite na vida adulta por causa das vitaminas da infância, parece até improvável que essa seja uma das causas.



Obrigada a todos que deixaram sua valiosa contribuição.

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Planos de Saúde

Todo mundo sabe que ao contratar um plano de Assistência Médica, na verdade o que estão nos vendendo é um PLANO DE SAÚDE, não é um PLANO DE DOENÇA... (essa é a "pegadinha" que geralmente não conseguimos entender)

Mas vale lembrar que:
"A partir deste domingo, 1º de Janeiro de 2012, entrou em vigor a Resolução Normativa nº 262, que atualiza o Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde. Publicada em agosto de 2011, pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), a norma determina que as operadoras de planos de saúde deverão oferecer cerca de 60 novos procedimentos aos consumidores de planos novos (contratados após janeiro de 1999) ou adaptados à legislação. " Fonte:  http://www.ans.gov.br/index.php/a-ans/sala-de-noticias-ans/consumidor/1267-nova-listagem-de-coberturas-obrigatorias-entre-em-vigor-

Entre esses novos procedimentos e atualizações, ficou determinado que o Plano deverá cobrir pelo menos 12 consultas com Nutricionistas por ano, ou seja no mínimo uma por mês. Antes muitos planos se recusavam a oferecer esse tipo de cobertura e os poucos que ofereciam limitavam ao máximo de 6 consultas por ano. Agora TODOS terão de cobrir esse tipo de acompanhamento.

Isso significa um grande avanço em termos de apoio dos órgãos públicos, na busca por uma população mais saudável, e uma grande ajuda para quem necessita de acompanhamento com Nutricionista.

Aliás, enquanto o resto do mundo ainda tenta cercar a doença, o Governo Brasileiro parece que vem avançando nas questões que envolvem esse problema, e já trabalha para reverter esse quadro e reduzir ou acabar com as causas do problema.

Foi lançado recentemente o Plano Nacional Contra a Obesidade - detalhe: contra a obesidade não contra o obeso - onde o governo pretende reduzir o crescimento do problema entre as crianças, e tentará estacionar o seu crescimento entre os adultos.

Assim, se as crianças crescerem mais conscientes, com mais orientação, inclusive recebendo alimentação mais equilibrada até mesmo na escola, inviabilizando a aquisição de alimentos "bomba" nas cantinas, começaremos uma nova mentalidade, que precisava ser iniciada já faz tempo.

Comentei por várias vezes aqui no blog, a inexistência de políticas públicas para combater um problema que vem se tornando uma epidemia mundial, e agora o governo sinaliza com medidas que se aplicadas adequadamente trarão uma população mais saudável nos próximos anos.

E assim, inicia-se uma era de combate ao problema, não ao doente, como vinha sendo feito até então.

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Discriminação?

Nós aqui preocupados com a discriminação em relação ao sobre peso, com professoras aprovadas em concursos públicos precisando entrar com ação na justiça para assumir os cargos e enquanto isso, lá na Europa, mas precisamente na França, estão fazendo um estudo sobre alternativas para considerar o IMC dos jovens no “chamado” vestibular de lá.

Ou seja, pretendem somar pontos adicionais aos candidatos que estiverem com seu peso corporal dentro dos padrões ditos como “normais” ou "adequados".

Ouvi essa notícia na última quinta-feira no rádio, e ela complementava a constatação de que Portugal é o vice campeão europeu em obesidade infantil, sendo o primeiro lugar da Itália.

Parece que O MUNDO está incomodado com os obesos, mas o incômodo parece estar crescendo no lugar errado, pois antes de se preocupar com o obeso é necessário se preocupar com os produtos ou com as situações que geram a obesidade.

Estresse;
Falta de Lazer;
Excesso de trabalho;
Pouco salário;
Claro! Má Alimentação também. Mas será que todas as pessoas comem mal porque querem?

A questão infantil é muito complicada, mas chega um momento que é impossível fazer a criança substituir a coxinha da cantina da escola, pela alface...


Já saí do índice considerado para obesidade, mas me irrita ler ou ouvir notícias dessa natureza, e penso que está faltando uma Sociedade Protetora dos Obesos, será que existe?


Ontem mesmo vi uma capa de revista Vogue Brasil, onde três modelos aparecem juntas, uma delas tem o braço tão magro que a circunferência do pulso é igual a do braço ( parte onde se situa o bíceps e tríceps). A coitada tinha o perfil na largura de uma tábua praticamente tinha a mesma largura dos braços no perfil. Dá Licença!!!!! 


Se perseguirem os obesos, devem perseguir também quem está muito abaixo do peso, principalmente se for por opção (leia-se estética-vaidade), nenhuma das duas situações é saudável. E problema por problema, ambos os casos desencadeiam doenças que encarecem o sistema de saúde, eu pergunto: 


Por que só a obesidade incomoda tanto?

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Competição 060112

Atualizado em 08/Jan/12  18:45h

Atualizado em 09/Jan/12  10:05h

Atualizado em 09/Jan/12  10:46h

Atualizado em 09/Jan/12  16:25h

Atualizado em 10/Jan/12  09:23h


Lembrando a todos os leitores que todos podem participar dessa nossa “brincadeira séria”, como definimos no início, basta acompanhar seu peso semanalmente e enviar o resultado até o sábado, para tabulação dos dados.


Nessa semana temos duas medalhas para comemorar, pois na semana passada, os dados foram passados com bastante defasagem e acabei não conseguindo publicar a competição.
Parabéns Ana,  A medalha da Semana do Natal foi sua, não sei o que está fazendo, mas seus métodos estão dando resultados.
Parabéns Karine,  A medalha dessa semana é sua, acho que você ficou dormindo durante o Ano Novo, enquanto eu engordei até com os cheiros... rsrsrs

Para mim? É dei um destaque LARANJA, pois é um alerta, não me lembro de ter recuperado tanto peso numa semana, e além de ter recuperado muito no ano novo, dos 2, 200 Kg, só consegui despachar uma parte, 1,200 Kg. Isso não é nada bom, desestimula muito, dá uma raiva danada, mas é SUPER IMPORTANTE ter essa consciência, não dá para fugir dos resultados ruins, nem camuflá-los, muito menos fingir que eles não "estão em nós". A única coisa que nos resta é ENFRENTÁ-LOS bravamente. Como eu sempre escrevo aqui, aceitar a fraqueza nos dá forças para vencê-la outras vezes. Foi o que fez, por exemplo, a Juliana, que aceitou que engordou no período que esteve “ausente”, se conscientizou, retomou e imediatamente recebeu os resultados positivos.

Não devemos fugir ou esconder nossos resultados, pois somente visualizando cada um deles, tanto os bons quanto os ruins, é que vamos conseguir nos superar.

Nota:
As participantes que deixam de enviar seus resultados por muito tempo acabam sendo retiradas temporariamente da lista para não ficarmos com lacunas inteiras sem preenchimento, mas tão logo consigam se reorganizar e voltar a passar os dados, serão automaticamente incluídas.

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

De Molho

Hoje, estou de molho.

A dor de cabeça me derrubou.

Fico aguardando os resultados para nossa "brincadeira séria", espero que com o novo ano ninguém tenha desistido heim!!

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Planejamento

Algumas medidas precisam ser adotadas para se chegar aos objetivos.

Primeiro preciso estabelecer meu novo objetivo: Tenho 8 quilos me incomodando, mas da mesma forma que fiz no ano passado, vou estabelecer uma meta atingível, e tenho a impressão de que se conseguir me livrar de 5 quilos já ficarei bem contente.

ü     A nova meta é ELIMINAR 5 quilos, mas não quero determinar um prazo, apenas espero isso para esse ano;

ü     Retornar com os Alimentos Termogênicos (Vinagre de maçã, canela e gengibre que utilizei muito no primeiro semestre do ano passado e ajudavam bastante);

ü     Vou aproveitar ainda este início para fazer uma avaliação médica.

Fui verificar meus exames e descobri que tenho guias para repetir exames que eram para Setembro de 2010, isso mesmo, deveria ter repetido alguns exames no ano de 2010, não estou só atrasada, estou super atrasada. Como geralmente tenho mais coisas para fazer do que horas no relógio, sempre vou adiando,:”Amanhã eu faço”, “Amanhã eu ligo”, "Amanhã eu marco", e quando percebo já se passou mais de um ano...

Minha sorte é que os pedidos médicos estão sem data e eu poderei utilizar essas mesmas guias sem precisar passar novamente em consulta, minha médica já conhece a “peça aqui” e emite os pedidos médicos na consulta final dos exames periódicos, ou seja, eu faço os exames e já levo para ela analisar, queimando uma etapa do processo que seria primeiro passar pela consulta inicial, isso me garante um bom ganho de tempo, pois minha médica favorita Dra. Márcia Bindi, que mencionei no post “Tarefas Domésticas”  em 09 de Janeiro/11, só retorna de férias na semana que vem, mas só tem disponibilidade para consulta para a primeira quinzena de Fevereiro, se eu ainda tivesse que passar em consulta para só depois fazer os exames isso iria rolar lá para o mês de Março, ou mais, assim, providencio os exames já, e passo em consulta no início de fevereiro.

Eu já estava devendo esse tipo de resposta aqui no blog, até para registrar se está tudo bem com meu organismo, embora eu me sinta muito melhor e minhas crises de enxaqueca tenham sido reduzidas, tanto na frequência como na intensidade, é sempre importante um acompanhamento médico periódico.

Ando muito cansada, mas isso eu já sentia antes, e sempre pensei que fosse por causa do excesso de peso, afinal 15 quilos a mais no corpo deveria fazer muita diferença.

Também tenho sentido umas dores terríveis no corpo ao acordar pela manhã, e uma muito intensa na sola dos pés, gerando muito desconforto ao colocar o pé no chão logo pela manhã.

Mas tudo isso eu já sentia, e também achava que era culpa dos famigerados quilinhos, que já despachei para nunca mais voltar.

As dores no corpo podem estar relacionadas com a qualidade do meu sono, e a dor nos pés, eu já andei pesquisando e tenho pistas muito fortes, mas quero mesmo uma avaliação médica para ter certeza.

Depois da bateria de exames eu passo os resultados até para que os leitores estejam atentos também com sua saúde, pois é fundamental acompanhar qualquer variação, pois qualquer doença quando identificada e diagnosticada precocemente é muito mais facilmente tratada ou mesmo controlada.

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Ciclo Vicioso

Faltou contar como foi meu resultado durante as comilanças do Réveillon.

Dessa vez eu não saí ilesa como no Natal.

Foram nada mais, nada menos do que 2, 200 Kg entre a sexta e a segunda.

Mas dessa vez eu realmente comi mais que no Natal, portanto NADA DE SE ESTRANHAR.

Hoje já estou de volta ao equilíbrio, mas estou mesmo cansada desse ciclo vicioso, de recuperar no final de semana e eliminar durante a semana.

Eu preciso encontrar a fórmula para quebrar esse ciclo, pois estou sem evoluir absolutamente nada desde Outubro/2011.

Tenho que assumir minha responsabilidade,  eu tenho abusado mais do que o necessário nos finais de semana, enquanto durante a semana acabo tendo uma rotina mais controlada, penso mais no que vou colocar na mesa e consequentemente no que eu mesma vou ingerir.

Já no final de semana, tenho me rendido ao "mais fácil", não tenho me esforçado para evitar os lanches, as massas e tudo o que é realmente dispensável quando QUEREMOS emagrecer.

Tudo isso, sem contar a PREGUIÇA mortal e a INDISPOSIÇÃO total para a atividade física.

Sabemos que só temos DUAS ALTERNATIVAS:


v    Ou Reduzimos as Calorias
v    Ou Aumentamos a Atividade Para Queimá-las

Eu posso até não aumentar a ingestão de calorias, mas reduzir também não tem sido uma opção, e, além disso, não aumentei minha movimentação, já que atualmente ando tão cansada que estou com dificuldades até de evoluir na leitura de um livro (Comer Rezar e Amar), que ganhei em Maio/2011 – Todas as vezes que pego o bendito do livro acabo caindo no sono de tão cansada que ando, e a qualquer hora, não é apenas no final do dia, se eu tento ler durante o dia, também acabo cochilando.

Mas me AGUARDEM... Tenho planos, e acredito que em breve, vou conseguir entender o que ocorre...

Nada como um dia após o outro...