sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Quase Verde

Significa quase maduro? Ou Quase Vermelho? O Seria Quase Amarelo?

Se acompanharmos o raciocínio Quase Cheio, também pode ser quase Vazio...

Pois é, o Cartão de hoje é Quase Verde, porque em fim depois de todos esses meses eu cheguei ao peso que havia proposto no início, como algo atingível, imaginando que precisaria dos 365 dias para conseguir eliminar 15 quilos.

E foram 271 dias de sobe e desce nos números registrados na balança, embora na maioria das vezes os números mais desceram do que subiram.

Os últimos 3 quilos foram mais complicados, em parte pelo comodismo que acabou me dominando temporariamente, pois vendo muita roupa antiga voltando a me servir e algumas até ficando largas, entrei num estágio de tranqüilidade, não engordando, mas também não eliminando nada, estacionando e sentido que conseguia manter o peso sem nenhum sofrimento, não me castigando tanto com as privações e entendendo que a partir dali eu poderia sim comer o que bem quisesse apenas de uma forma mais saudável, sem transformar a situação numa rotina, pois como já mencionei outras vezes, os sabores tentadores só compensam quando utilizados eventualmente, quando se tornam rotineiros, deixam de ser especiais e viram um PROBLEMÃO, que nós conhecemos muito bem.

Então foi preciso mais uma vez DECIDIR e QUERER continuar na mudança, para sair da estagnação e embora um pouco lentamente, considerando que para eliminar os 12 primeiros quilos foram pouco mais de 5 meses, e os últimos 3 quilos, quase quatro meses, justamente por ter me acomodado. Mas foi também um período de descobertas sobre o que eu poderia ser capaz, concluindo que o limite quem faz realmente é o interessado, com disciplina e determinação é possível chegar numa situação muito confortável, eu experimentei essa situação de conforto e poderia ter ficado nela, mas resolvi que precisava realmente atingir a meta estabelecida.

Eu até perdi aquele medo tão difundido por aí, até com certo terrorismo que é feito sobre o assustador “Efeito Sanfona”. Minha experiência com o uso de medicamentos sim, trouxe o efeito sanfona, tomando o remédio reduzia um pouco, quando parava o medicamento, o peso voltava a subir, mas dessa vez foi muito diferente.

Se o emagrecimento começa a partir de nosso cérebro, da nossa forma de encarar os alimentos, não precisamos nos preocupar com esse tal Efeito Sanfona.


É um processo de CONVENCIMENTO, você precisa convencer a si mesmo de que esse ou aquele produto embora seja saboroso, fornecerá calorias que você não será capaz de eliminar, e que ao armazená-las, seu sofrimento irá durar muito mais tempo do que o prazer de saboreá-lo.

Lembrando que quando comemos algo gostoso, logo aquele gostinho nos deixa, enquanto as calorias ficarão em nosso corpo, causando uma insatisfação que permanece por muito tempo, e com ela o gosto AMARGO e desagradável. O Erro pode estar em não nos lembrarmos do sabor agradável quando estamos sofrendo com o excesso de peso.

“Ah, mas eu comi aquelas deliciosas 3 fatias de bolo, aquele pote de sorvete, aqueles 4 pedaços de pizza, hummm estava tão bom! Valeu à pena ter ganho esses 2 quilos...” Mas não, geralmente nós merecemos um pedaço a mais do bolo, mas não merecemos alguns gramas a mais na balança... É essa contradição que não pode existir.

Não! Eu vou comer somente uma pequena fatia do bolo porque eu quero continuar entrando naquele jeans, eu quero poder entrar em qualquer loja e escolher a roupa que eu quiser, pois encontrarei numeração adequada e ficará bem em mim (passei muito tempo sem olhar vitrines de roupas).

Ah, mas dá para comer dois pedacinhos de bolo, ninguém vai “morrer por isso”, ou o mísero pãozinho de queijo que o Zeca Camargo tanto quis e não o deixaram comer. Sim, desde que amanhã não queiramos repetir a mesma situação, ainda que com produtos diferentes.

Notem que me refiro a produtos, pois alguns itens NÃO PODEM ser considerados alimentos, e não sendo alimentos, são dispensáveis, sendo dispensáveis só podem entrar no cardápio muito raramente.

Agora inicio uma nova fase, pois como já mencionei antes, ainda gostaria de eliminar 5 quilos, não sei quanto tempo vou precisar, mas vou continuar empenhada, quem sabe até o Natal eu já tenha conseguido, talvez seja querer demais? Mas QUERER DEMAIS é o que mais conta para conseguirmos o que desejamos, então vou continuar querendo demais...

21 comentários:

  1. PARABÉNS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Esse seu comentário concerteza é inspiração para nós hoje!
    Todas conseguiremos se formos tão dedicadas qto vc!Estou me esforçando mto tb!As vezes me sinto até meio bitolada mas o importante é q noto os resultados. Pra variar estou sem balança mas vou ver o q consigo para saber o resultado deste semana e lhe enviar pois tenho fé q será satisfatório!!!

    ResponderExcluir
  2. Cecinha

    Bom dia

    Edamoa, parabens pela conquista, mas que merecida, você é um exemplo de perseverança, preciso d+ acreditar que sou capaz de emagrecer e muda minha relação com a comida, pois essa semana como te falei anteriomente, estou bem pra baixo, porque sabia das extravagancias que vinha cometendo a noite e que o resultado na balança não seria animador, resumindo, mais 400g saber aquela vontade de chutar o balde? bateu por algum momento, porém respirei fundo e lembrei dos quilinhos que ja se foram, também de seus comentarios, foi o que me deu força para vim andando trabalhar e tomar apenas um suco de melancia. se aumentei foi porque fiz por merecer, agora é se empenhar para obter melhores resultados na próxima pesagem.

    ResponderExcluir
  3. Parabéns! Eu imagino como se sente, eu consegui eliminar 14 kg e nao cabia em mim de tanta felicidade.... porém.... não consegui atingir a meta que era de 16kg, pois antes disso acontecer eu ENGRAVIDEI... rsss... isso mesmo, estou gravida de 3 meses, sinto muita fome e resultado disso, + 4kg na balança.... agora estou tentando me controlar... pois o máximo segundo minha nutricionista são 11,5 até o final da gestação... mas será que consigo? Só Deus sabe... mas o mais importante é que meu filho nasça com muita saúde!
    Bjus
    Josiane

    ResponderExcluir
  4. Elaine, Cecinha e Paula,

    Obrigada, mas mesmo essa redução pequena, demora um pouquinho para se confirmar, eu costumo comemorar, somente quando realmente mudo o patamar, estou saindo do 71 para o 70, então vou estar mais tranqüila quando meu peso ficar por um tempo no 69,9 ou 69,8 por exemplo, aí sim é sinal de que o peso se consolidou, mas atingir a meta já é uma grande satisfação, agora é cuidar para que o resultado permaneça e continue evoluindo.

    ResponderExcluir
  5. Vivaaaa!!! Parabéns ;) Continue sempre nessa nova vida saudável e sempre aqui nos empolgando...
    Essa semana naum foi nada boa, naum consegui voltar ao meu ritmo de antes das férias, tanto na academia como na dieta. Eu estava MORRENDO de saudades da nossa comida, entaum fui de churrascaria a feijoada, passando por pizza e afins quase todos os dias!!! Mas agora chega, mesmo pq o resultado foi de +300gr!!!
    Vou me focar nos resultados da minha musa inspiradora e vou de uma vez mandar os meus 6 kilos pra bem longe ;)
    Ótimo fim de semana a todas!!!

    ResponderExcluir
  6. Josiane,

    Parabéns! Filho é sempre a MELHOR COISA DO MUNDO!!!!

    Não sei se já leu, mas tenho um post bem interessante sobre gestação e alimentação, é o "QI X Alimentação" de 12 de Fevereiro, não tenho a intenção de estimular que as gestantes engordem, mas para tomarem cuidado com a "neurose de não querer engordar".

    É praticamente impossível passar ilesa, acredito que escolhendo alimentos mais saudáveis evitando a todo custo TUDO QUE É DISPENSÁVEL, você consegue um bom resultado tanto para o bebê como para você.

    Depois você terá todas as condições de voltar à sua forma, agora o importante é se alimentar CORRETAMENTE, não exagerar, não comer as chamadas "porcarias" e CURTIR MUITO, pois passa muito rápido.

    ResponderExcluir
  7. Kazinha,

    Lembra do meu retorno das férias? Eu não engordei durante, mas quinze dias depois que estava de volta engordei mais de 1 quilo, uma regressão que me torturou, mas eu consegui devolver, afinal de contas, não ficamos com o que não nos pertence. kkkk.

    Você logo estará no ritmo novamente, o importante é que não recuperou muito, agora é uma concentração especial para não desanimar e manter-se FIRME, e logo estará comemorando altos e valiosos resultados.

    ResponderExcluir
  8. Oi Edamoa!
    Parabéns por toda perseverança que teve. Não é nada fácil mudar hábitos e você conseguiu!
    Espero que eu tenha todo esse pique e consiga atingir minha meta!
    Essa semana eliminei 1.200Kg. Viva...estou super feliz!
    Isabel

    ResponderExcluir
  9. Legal Isabel,

    Obrigada.

    Parabéns pelo seu resultado que é muito animador, se agarre a ele e seja firme, você vai sim conseguir.

    ResponderExcluir
  10. Taise,

    Obrigada, mas a ajuda de todos que acompanham o blog também foi um incentivo e tanto.

    ResponderExcluir
  11. PARABENSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS!!!!!!!!!!!!!! AGORA É PARTIR PARA A PROXIMA CONQUISTA....

    ResponderExcluir
  12. Parabéns, Edamoaaaa! É maravilhoso quando atingimos nossos objetivos!!
    Boa sorte com sua nova meta!!
    Eu concordo com tudo que você disse... umas pena que, na prática, eu ainda precise avançar muito, porque acabo comendo várias coisas que não são alimento, como você falou, só por prazer... e depois claro que vem as consequências... um dia eu chego lá!! rsrsrs

    E pra quem lê os comentários como eu, se vcs puderem comentar no meu blog tb ia ser mto legal, ia ajudar bastante... ainda não é interessante como este aqui, mas quem sabe se eu sentir que tem alguém interessado eu escreva mais...

    o blog é http://minhaagendadesaude.blogspot.com/

    Obrigada!

    ResponderExcluir
  13. Maricotinha,

    Vou tentar me programar para fazer pelo menos três visitas por semana ok.

    Convido a todos os leitores para visitarem sempre que possível, afinal de contas, os palpites, as dicas e as experiências que todos trocamos aqui são fundamentais para ajudar no processo de autoconhecimento tão necessário para nossas vitórias.

    Vamos contribuir também com: http://minhaagendadesaude.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. olá edamoa, parabéns pelo seu resultado! e devo dizer tb que o teu texto que sempre é excelente hoje se superou, muito bem escrito, adorei.
    pois bem essa minha semana eu estava bem feliz pois havia perdido 400g até quarta, pois bem..ontem saiu um resultado e passei num concurso público! claro que daí teve uma comemoração aqui em casa, churrascao com amigos com mta carne, mto pao, mta cerveja, simplesmente comi e bebi tudo e podia muito feliz, nem pensei em calorias, só queria comemorar minha vitória.....aí hj resolvi não me pesar pois acordei, é claro, toda inchada e retendo líquidos..amanhã me pesarei e te mando o resultado, mais tardar domingo de manhã. um beijo, ana s.

    ResponderExcluir
  15. Parabéns Ana, pela aprovação!

    Concurso Público geralmente exigem muita dedicação.

    Felicidades na nova atividade e seja uma funcionária pública exemplar para um dia ouvirmos falar, muito de você. SUCESSO!!!

    Quanto à comemoração, basta você enxugar tudo que conseguir hoje que amanhã estará de volta à competição e com um bom resultado. ACREDITE!

    ResponderExcluir
  16. com certeza, mas é difícil, eu larguei meu emprego pra estudar e me dedicar, foram 9 meses estudando apenas, o dia todo sentada, em casa sem trabalhar, beliscando o dia todo..acho que é o q acontece com muitas pessoas, pois em fevereiro estava com 93 kgs e em agosto ja estava com 105!absurdo! mas agora graças a Deus tudo está se encaminhando, nova fase na vida, emprego novo, peso novo, e apenas melhorando. Obrigada pelo apoio
    ana

    ResponderExcluir
  17. -400g
    ana s.
    bjos bom finde

    ResponderExcluir
  18. Parabéns pelo resultado conquistado. Estou me "reeducando" no quesito alimentação e resolvi também registrar isso em um blog, e estou bem animada para continuar, está sendo motivador. bjos, sucesso e que alcanse seus objetivos.
    http://passosparaemagrecer.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  19. Olá Juliana,

    O mais importante é que você seja muito crítica com você mesma e seja muito sincera.

    Ao escrever o que realmente ocorre você passa a prestar muito mais atenção, e fica comprometida com seus objetivos.

    Sempre que eu puder, prometo fazer algumas visitas como forma de quem sabe poder ajudar na motivação.

    ResponderExcluir

Obrigada por sua contribuição.
Minha resposta para seu comentário estará disponível juntamente com ele, o mais rápido que eu puder.