terça-feira, 6 de março de 2012

Faz de Conta...

Então, no último final de semana, mais uma vez fui para a praia, detalhe: Já faz algum tempo que não uso o meu “maiô de miss”, que mencionei algumas vezes aqui no blog, já que o meu emagrecimento já me permite usar o biquíni de duas peças, sem constrangimento algum.

Mas uma cena chamou minha atenção:

Uma moça que realmente está acima do peso, não tem como negar, estava comendo aquelas papinhas infantis, que já mencionei aqui, no post “Dieta da Papinha” (http://emagrecendo365dias.blogspot.com/2011/09/dieta-da-papinha.htmlde 06 de Setembro/2011.

Mas o que causou estranheza não foi o fato em si, mas a sequência, pois a moça embora estivesse comendo aquele potinho, também tomou cerveja, comeu pastel, tomou refrigerante, entre outras coisas que eu não consegui identificar.

Então volto aos posts antigos pois em muitos deles eu reitero que não são os produtos que vão nos trazer a redução de peso, mas a mudança dos hábitos.

Não adianta nada tomar cápsulas que dizem que capturam a gordura, se você continuar ingerindo a mesma quantidade de gordura, não adianta nada comer pão integral, se comer também biscoitos recheados e barras de chocolate todos os dias.

Então para quê fazer a “Dieta da Papinha” e continuar consumindo os alimentos que normalmente come e na mesma quantidade?

Dieta com algum produto não significa incluí-lo, mas utilizá-lo com exclusividade, às vezes é inviável por se tratar de algo muito restritivo, mas o mais importante é reduzir os itens dispensáveis que insistimos em continuar consumindo durante nossa alimentação.

Não adianta “Fazer de Conta que Estamos em Dieta...”

14 comentários:

  1. Heheheeh Achei muito engraçado fiquei imaginando a cena. Alguem deve ter dito pra essa moça que papinha de BB emagrece...kkkkkkkkkk. è isso ai os alimentos industrializados devem ser substituidos por uma questão de saude, o emagrecimento é apenas uma consequencia. Ultimamente a TV tem alertado os pais pra essa questão. Nossas crianças estão se matando com o alto consume de refrigerantes e outras porcarias e a culpa é dos pais, se eles comem é pq alguem ou compra ou dar dinheiro pra eles comprarem. Flor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É flor,

      Eu discuti esse tema da alimentação das crianças no post "Começando errado" de 03/02/2011 (http://emagrecendo365dias.blogspot.com/2011/02/comecando-errado.html) e no post “Cuidem das Crianças” de 28/03/2011 (http://emagrecendo365dias.blogspot.com/2011/03/cuidem-das-criancas.html).

      Quando começamos errado claro que não vai dar muito certo na vida adulta e o pior é que o ERRO vai ser sempre dos pais, não tem jeito mesmo.

      E não estou aqui nem criticando a moça, mas chamando a atenção de como fazemos as coisas tão distraidamente que nem percebemos porque as nossas dietas não dão certo.

      Isso é fato, nós adotamos uma dieta, mas não fazemos a substituição, muitas vezes inconscientemente queremos que o item acrescentado ao cardápio FAÇA O MILAGRE e quem está aqui há algum tempo já percebeu que NÃO EXISTE MILAGRE, nem produto milagroso...

      Excluir
  2. Olá Edamoa
    essa de dieta da papinha eu não tinha ouvido falar ainda, acho que perdi o post.
    Mas é impressionante que as pessoas querem fazer de tudo para emagrecer menos o que deveria fazer. E me lembrei de mim mesma toda fez que eu tento pegar um atalho para algum lugar sempre demoro mais do que o caminho convencional, minha filha até me pergunta quando vamos a algum lugar novo: mãe você tem certeza que sabe o caminho né? Essas pessoas fazem a mesma coisa: pegam atalhos para evitar o caminho convencional mas acabam chegando depois ou nem chegando ao destino pretendido.
    Um bom dia a todos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Jô,

      Sua analogia foi perfeita, eu também acabo me perdendo ou encontrando um caminho pior quando tento utilizar um atalho...

      É a busca pelos "milagres" e por caminhos mais curtos, que como você bem disse, acabam dificultando ou inviabilizando a chegada ao objetivo...

      Excluir
  3. Olá voltei do SPA com cardápio diverso de 1000 calorias pra fazer por 3 meses, depois muda pra 1200.

    Não estou achando dificil porque tem bastante substituições e eu sai do spa direto pro mercado comprar coisas saudáveis, enfim não tive desculpas pra não continuar, sei que o caminho será árduo e tenho certeza que havera progressos e regressos...

    Ontem ja iniciei no jiu-jitsu que havia parado antes das férias...fiz só um mês ou dois...hoje vou andar de bike perto de casa, de noite uns 40 minutinhos e ir pra igreja cuidar da alma...pq esta tb está "precisada"

    ResponderExcluir
  4. esqueci de assinar

    Fabiana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal Fabiana,

      Acredito mesmo que você já deu o PONTAPÉ INICIAL e de agora em diante vai só evoluir.

      Claro que as recaídas acontecem, mas mantendo o FOCO e a DETERMINAÇÃO você vai mesmo conseguir se superar.

      Excluir
  5. Cecinha

    Edamoa

    Esse post de hoje me caio como uma luva, ultimamente minha dieta se baseia num faz conta eterno, passo o dia comendo saladas e quando chego em casa a noite só falto comer as vasilhas, ainda me questiono o porque de ter aumentado os 3 kilos eliminados a tão duras custa, acredito que enquanto não encarar de fato a dieta com responsabilidade e disciplina, serei sempre essa gordinha frustada, que adoraria usar um biquini, ainda que comportado, mas um biquini, todas as vezes que dou variosssss passos para traz, parece que meus objetivos vão se tornando inalcançaveis me sinto cansada, frustada,decepcionada por fraquejar tanto diante da comida, esse mes faço 42 anos, estou vendo o tempo passar e parece que o comodismo vai ganhado espaço também, como preciso reverte esse quadro...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Cecinha,

      Infelizmente não dá para tapar o sol com a peneira.

      Nós temos que ser muito fortes mesmo, mas não pense que isso só acontece com você, temos muitas leitoras aqui que sofrem da mesma forma e eu mesma fui sim muito indisciplinada e só consegui evoluir quando saí da região de conforto, não tem jeito, é um dia após o outro e muita RESISTÊNCIA.

      Excluir
  6. Olá, tenha uma ótima tarde querida...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Eusiane,

      E muita paciência e força para você, sinto que está precisando.

      Excluir
  7. Vc está certa...não ando em boa fase...mas vai passar, sem pique pra nada, muita frustração por conta do peso, muita coisa por conta do serviço. Vai passar si Deus quiser...Abraço

    ResponderExcluir
  8. Oi, gente!!
    Edamoa, infelizmente, seu post descreve um pouco do que aconteceu comigo hoje, principalmente na parte dos "biscoitos recheados e barra de chocolate", pois foi isso mesmo que acabei de consumir. Um pacote de bono doce de leite e um chocolate charge. Não estava com fome, mas não resisti e ataquei. Agora, um minuto depois, ao ver os papéis sobre a cama, para jogar fora, me bateu uma grande tristeza e o questionamento de "como posso fazer isso a mim mesma?". Afinal, o que adianta ter alguns minutos de prazer, no meu caso segundos, porque devoro mesmo, e depois horas de sofrimento e martírio por ter consumidos essas "porcarias", totalmente dispensáveis? Quantas recaídas mais até eu aprender...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cris,

      Confesso que só de ler sobre esses biscoitos eu também fiquei com vontade, embora agora ainda seja 7:30 da manhã, e talvez eu não comeria isso a essa hora, prefiro algo salgado pela manhã, mas é assim mesmo, só vamos realmente conseguir CONTROLAR de verdade nossos impulsos quando conseguirmos parar para pensar antes de comer e lembrar exatamente disso que você escreveu tão sabiamente, que os segundos de prazer por comer algo dispensável não compensam as horas, dias, semanas, meses e anos de sofrimento que carregamos por não conseguir se sentir bem com o peso acumulado por essas "porcarias".

      Excluir

Obrigada por sua contribuição.
Minha resposta para seu comentário estará disponível juntamente com ele, o mais rápido que eu puder.