terça-feira, 21 de agosto de 2012

Vida Alheia


Sabemos que não é “legal” falar da vida alheia, mas nesse caso, ninguém conhece a pessoa, nem mesmo eu a conheço bem, mas é algo que me intriga.

Ontem vi uma adolescente de 15 anos, que conheço de vista há uns 3 ou 4 anos, e essa garota era magrinha, quando a vi pela primeira vez, e vem “ganhando” peso a cada dia.

Sei que ela adora cozinhar, que faz bolos e tortas incríveis e é totalmente independente na cozinha, desde muito pequena acorda sozinha, prepara seu próprio café e aparentemente é auto-suficiente no que diz respeito à alimentação.

Mas ela está muito gordinha. Entendo que não tenho nada com isso, mas o que me intriga é o que pode fazer uma jovem chegar a esse ponto tão rapidamente.

Seriam somente os hábitos alimentares? Seria somente distração? Ou será que motivos emocionais já aparecem nessa fase com tanta intensidade que levam o adolescente a descontar na comida as eventuais frustrações?

Assim, penso que ninguém fala para ela tentar se cuidar ENQUANTO AINDA É MAIS FÁCIL, por receio de magoar, mas esse alerta seria tão importante.

É mesmo um dilema: Não vale à pena encararmos uma dieta só porque as pessoas nos dizem para fazer isso, mas algumas pessoas passam a adolescência engordando tudo e mais um pouco e quando percebem que precisam mudar já não tem mais a mesma facilidade e disposição. Por isso as pessoas mais próximas precisam agir, mães, madrinhas, avós, precisam estar atentas ao desenvolvimento da criança desde muito cedo, e eu abordei esse tema no post “Cuidem das Crianças” de 28/Mar/2011 (http://emagrecendo365dias.blogspot.com.br/2011/03/cuidem-das-criancas.html).

Também não precisa fazer como uma modelo famosa, que declarou recentemente que o filho pensa que brócolis é sobremesa, mas cuidar dos pequenos desde pequenos é muito importante.

10 comentários:

  1. É verdade Edamoa, adorei
    seu post, a mais pura realidade.

    Só quem já teve um corpo perfeito,
    e engordou, sabe como é dificil voltar
    ao peso normal.

    Beijos,
    Aline/SC

    ResponderExcluir
  2. Aline,

    Embora ela possa até estar bem hoje, sabemos o quanto isso vai deixá-la chateada no futuro, e fico mesmo com pena, porque com quinze anos seria muito mais fácil se alguém estivesse mesmo olhando por ela.

    ResponderExcluir
  3. Concordo 100% com o que vc disse...
    No meu caso como meus pais passavam o dia trabalhando e quase não nos víamos eles traziam "presentes" como chocolates, iogurtes, bolachas e balas.
    Não os culpo pelo meu período de obesidade, pois acredito que eles não tenham feito por maldade e com certeza não fizeram, mas acabaram tendo uma grande influencia por tudo que passei.
    Que os pais de hj abram bem os olhos pq o problema está cada vez maior e começando cada vez mais cedo ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Kazinha,

      Nenhum pai ou mãe faz qualquer coisa por maldade, às vezes falta mesmo uma visão mais à frente.

      Até o exagero de presentes e coisas materiais que atualmente fazem parte da realidade de muitas crianças não é pensado pelos pais, que tentam compensar a ausência com "coisas", e infelizmente isso não ajuda em nada na formação dessa moçada, pelo contrário, só atrapalha, mas os pais não conseguem ver isso, e quando ACORDAM, muitas vezes já é muito tarde.

      Penso que antigamente isso era mais inofensivo, hoje em dia além de crianças obesas temos visto surgir verdadeiros tiranos, que foram criados baseados no TER em detrimento do SER. Mas essa é uma outra conversa...

      Excluir
  4. Edamoa, bom dia!

    Td bem?

    Eu conheço Aline e a Bihh Oliveira de Franca que acompanhavam o blog no ano passado, e elas me falaram que seu blog é super legal, eu tenho 1,65 e peso 75kgs e queria emagrecer o que esta sendo muito dificil porque não tenho tempo para fazer exercicio como faço para participar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anonimo (a) acima, seja bem vinda.

      Me lembro muito bem delas, espero que estejam BEM.


      seja bem vinda. Recomendo que leia com atenção o Resumo que preparei justamente para quem chega mais tarde por aqui, tente implementar o máximo que conseguir daquelas sugestões pois elas foram a base da minha evolução no ano passado. Eu sou um pouco mais alta que você, 1,72, mas também cheguei a pesar 87 quilos e eliminei 15 quilos em 271 dias se não me falhe a memória, depois ESTACIONEI, e está uma loucura para evoluir mais, mas me sinto muito melhor com 15 quilos a menos. Não é fácil, não posso iludir ninguém, pois é muita luta, e muita determinação. Eu costumo dizer para quem está começando que É PRECISO QUERER EMAGRECER MAIS QUE QUALQUER OUTRA COISA NESSE MUNDO. O que significa que NADA vai justificar ter vontades, pois o QUERER emagrecer vai precisar superar até aquela vontade de um doce. Também não quero desanimar, isso vai acontecendo aos poucos e se for muito persistente, vai acabar deixando de gostar de muita coisa dispensável, pois é uma questão de reprogramação do cérebro, aos poucos você acaba DECIDINDO que não quer mais consumir alguns itens porque sabe o quanto eles acabam prejudicando seus resultados. Depois de ler e entender bem o Resumo, é bom ler o blog com calma, pois tem muita coisa interessante nesse período, tanto descritas por mim como por outros leitores que podem compor seu próprio método de auto estudo, muita coisa pode te fazer ver o problema e as dificuldades de uma nova forma e facilitar o seu progresso.

      Eu costumava informar como participar da “Brincadeira Séria”, como chamo a competição, mas antes preciso esclarecer alguns pontos.

      O principal é você precisa mesmo QUERER emagrecer, independentemente de estar ou não na nossa "Brincadeira Séria", pois tem gente que entra e acaba ficando mais desanimada, se sente pressionada, e não é esse o objetivo da "Competição".

      Ela deve servir para MOTIVAR e ESTIMULAR para que em nosso dia a dia nosso controle seja cada vez maior, mas em hipótese alguma deve trazer sofrimento. Se isso acontecer é melhor desistir da competição.

      Esclareço que podemos recuperar peso num período curto, e que não é motivo para desistência, mas apenas para aumentar o alerta e o controle, pois ao eliminarmos, ou aumentarmos alguma coisa numa semana, não significa necessariamente que emagrecemos ou engordamos, o resultado precisa se consolidar num período maior para se configurar em emagrecimento ou recuperação, portanto, não fique apavorada quando seu resultado não for uma eliminação.

      E lembre-se que você está competindo com você mesma, são seus resultados semanais que precisam ser superados, não o das colegas de LUTA, se sua superação for a maior da semana você leva a medalha, mas seu foco não é a medalha mas sua evolução.

      Para participar basta acompanhar seu peso semanalmente e deixar o resultado de quanto eliminou ou recuperou no período, em um comentário em qualquer post aqui no blog, eu fecho os dados todos os domingos, então seria interessante que deixasse seu resultado até o sábado de cada semana.


      Ah, e lembre-se de deixar um nome ou um apelido para constar da tabela.

      Excluir
    2. Camila Bertanha Pessoni23 de agosto de 2012 12:09:00 BRT

      Sou eu mesma..rsrsrsrsrsr
      Irei ler o seu blog com bastante ateção e semana que vem começo a bricadeira seria..

      Obrigado!

      Excluir
  5. oi Eda!
    amei seu post, tenho uma princesa de 12 anos
    e ela ama minhas receitinhas light.kkkk
    e sempre me acompanha nos integrais sem reclama.
    essa semana perdir 800 graminhas, mas valeu!
    bom final de semana.

    ResponderExcluir
  6. Bom dia

    Edamoa

    Essa semana foi -400g, poderia ter tido melhores resultados, porém, na terça feira jaquei legal! faltam 4k para meu objetivo inicial, e até la não vou vacilar novamente, porque sinto meu objetivo distanciando-se, isso é inaceitavel para quem ja chegou até aqui, não posso e não devo me sabotar constatemente por uma simples satisfação momentânea que não compesar diante dos estragos quando vamos a balança, parei, refleti e sei que só depende de mim, continuar ou retroceder. Bom final de semana.

    ResponderExcluir
  7. Oi Eda,
    Como eu esperava, um pouco foi inchaço e o restante era abuso mesmo... Retomei meus hábitos antigos e nesta pesagem - 1,000gr novamente.
    Bom, voltei à estaca zero e vou agora em busca dos tão esperados menos 4 kilos!!!
    Ótimo fim de semana e vamos que vamos... Bjs

    ResponderExcluir

Obrigada por sua contribuição.
Minha resposta para seu comentário estará disponível juntamente com ele, o mais rápido que eu puder.